quinta-feira, 15 de abril de 2010

Pare de adiar (Procrastinação)

“O que quer que possa fazer, ou sonhar que possa, comece logo. O arrojo está cheio de poder, magia e gênio.” (Goethe)



Adiar uma tarefa desagradável de vez em quando não é grave, mas se torna um problema quando é uma atitude crônica. A procrastinação, ou o ato de deixar as coisas para depois, sempre foi um dos principais fatores que impediram as pessoas de realizar coisas.



Existem, naturalmente, vários graus de adiamento, mas em todos eles, deixar para fazer mais tarde uma coisa que se poderia fazer agora torna-se um substituto aceitável e uma incrível expressão da auto-ilusão. O fato mais interessante sobre a expressão “mais tarde” é que ninguém pode reprovar-nos ou dizer que estamos mentindo, pois quando somos confrontados podemos retrucar: “Eu disse que faria mais tarde, e ainda não é mais tarde.”



Já foi dito que o adiamento é a mais mortal forma de negação, e quando você diz “mais tarde” para alguma coisa que é realmente importante está se enganando e negando-se o direito ao sucesso.


Não deixe suas possibilidades serem sufocadas pela procrastinação. Faça.

Agora! Quer esperar até que o sofrimento todo se vá? Quer esperar até que

tenha a certeza de que não será “magoado” novamente da maneira como foi pela última vez? Começará quando tiver a certeza de que nunca falhará? Dará o primeiro passo apenas quando estiver certo de que possa completar a jornada? Fará a primeira mudança quando conseguir a chamada inspiração?



Faça! Cresça! Basta de tanta mágoa e lamento! É crucial para o seu sucesso que você comece a pôr um fim nessa mania de adiamento, agora!



Texto adaptado do livro Insight I.

Nenhum comentário: